À Babuja...

Não te afastes demasiado das margens do teu Ser...pois a tormenta é certa e o ir ao fundo...inevitável.




Manias...E Necessidades

Havemos de ter sempre a mania de que somos diferentes...e a secreta necessidade de sermos iguais.


3 Filtros...

Na procura de certos filtros para a minha máquina fotográfica, lembrei-me mais uma vez de quão muito mais importante é para o Ser Humano compreender e utilizar 3 filtros emocionais para a sua saúde psíquica...

Que cada um olhe para si próprio e teste a Veracidade deles...

Filtro 1 - Cada um só dá aquilo que tem.

Seja a que nível for, (Físico, Emocional, Psicológico) cada um só dá aquilo que tem. Quantas vezes gostaríamos de ter sido ou dado mais mas simplesmente não conseguimos? Talvez mais tarde viéssemos  a conseguir  mas naquela altura foi certamente impossível. Não gostaríamos nós de ser compreendidos e não julgados ou apontados? Não desejaremos todos sermos compreendidos e não julgados?

Filtro 2 - Por trás de alguém que magoa, está alguém magoado.

Se tivermos atenção ao nosso estado emocional nas vezes que causámos mal ou danos a alguém, chegaremos à conclusão que estávamos dominados por "nuvens cinzentas" de preocupações e um estado de espírito conflituoso com o nosso próprio Ser. Há quem diga que isso não nos dá o direito de magoar ninguém...Verdade...mas o ponto principal aqui é que se calhar nós já magoámos muito mais do que sequer nos demos conta, exactamente pela cegueira que esses estados de espírito nos causam. Compreender este facto é compreender a dor no outro e sendo assim, perceber que está nas nossas mãos quebrar o ciclo de desgaste e conflito e dar início ao ciclo da Alegria e Saúde.

Filtro 3 - Dar sem esperar retorno na mesma "moeda".

Compreendendo os dois filtros precedentes, chegamos à libertadora conclusão que está nas nossas mãos criar situações e estados na nossa Vida que contenham Alegria, Compreensão e Sentido, exactamente o que todos andamos à procura, certo? Há Espaço Psicológico em nós agora para Dar...sem expectativas elevadas e sem exigências...há em nós agora Segurança e uma Força diferente...e tudo o que recebemos de volta (e tantas vezes recebemos muito mais do que aquilo que conseguimos ver) torna-se um Presente, contendo a Energia de uma Surpresa agradável e tão revigorante.

Assimilar a Verdade no nosso Ser destes 3 simples (não confundir fáceis) filtros é evitar ou reciclar anos e anos de esforço, desgaste, atritos, guerras e confusões.


No Meio...A Merda

Já aqui tinha escrito...

"No Princípio tudo tem Alegria, Energia, Horizonte, Entusiasmo...No Fim tudo tem Sentido...mas no meio...a merda"...mas hoje apetece-me aprofundar...

Não concordam? Então vejamos:

Numa relação - No início tudo tem energia, alegria, entusiasmo, horizonte...no fim (Real e não quando a mente ainda continua a reviver a relação) tudo tem Sentido (damo-nos conta de certas coisas que aconteceram e ainda bem que sim pois deram lugar a outras bem melhores, somos honestos connosco próprios e admitimos os erros que também fizemos etc)...mas no meio...atritos, confusões, desatinos, desgastes, discussões, choros, tristezas, depressões...no meio...a Merda.

No Trabalho - Antes do horário de entrada, tudo tem energia, alegria, entusiasmo, horizonte...no fim tudo terminou e tem sentido...mas no meio...colegas em conflito, situações desgastantes, chefes autoritários (sem que possamos alterar o que quer que seja devido à tão sufocante hierarquia) atritos, más linguas, discussões, tristezas...no meio...a Merda.

Na Vida - Em Criança, tudo tem energia, alegria, entusiasmo, horizonte...no Fim, creio que tudo fará um Extraordinário Sentido (pois TODOS os nossos fins, sem excepção, foram sempre automaticamente novos começos)...mas no meio... doenças, tristezas, perdas, dores...no meio...a Merda.

Conclusão - Quem criou a seguinte frase "No meio é que está a Virtude" deve ter passado por imensa censura para chegar a tal definição, pois seja em que época e em que altura for...no meio?????...No meio só...A Merda!!!


Fugindo...Da Solução.

O único sofrimento com o qual poderemos entrar em total comunhão e por conseguinte, dar-lhe sentido e transformá-lo, será sempre o nosso... aquele do qual fugimos toda a nossa Vida.


Oásis... De Verdade

Ser Verdadeiro não te irá levar a nenhum paraíso...talvez até passes por imensos infernos...mas serás sempre um oásis no meio de um deserto de mentiras.


Namoros...

Só quando tiveres receio de te aproximar de alguém, não pelo que poderás vir a sofrer mas sim pelo sofrimento que poderás vir a causar, perceberás que a própria Vida já se começa a Enamorar... por ti.


Tendo Coragem...Para Duvidar

Tendo completado quinze (15) anos de trabalho na área da doença (tantas vezes erradamente apelidada de "área da saúde") a pergunta terá que ser feita...

Estarei eu a contribuir para melhorar a saúde de alguém...ou simplesmente a desgraçar completamente a minha?


Se o Amor só revela toda a sua Profundidade na hora da separação, então não te admires que a Vida continue a parecer... tão superficial.


Quando Morre Uma Criança...

Resisti ao máximo a escrever isto, mas o conflito e revolta interior são tão grandes que ao fazê-lo, talvez consiga ter uma outra perspectiva e alguma "acalmia" emocional...alguns irão certamente ficar chocados, outros possivelmente jamais voltarão a comunicar comigo...mas não faz mal, faz parte de ser fiel a si próprio e não ter medo das palavras nem dos sentimentos.

Não tenho ódio de ninguém...de Verdade que não e quem me conhece, de algum modo, sabe que é mesmo assim. Quando algo de mal acontece, por instinto, procuramos logo culpados e a quem acusar. É o Governo, é o patrão, é a crise, é a esposa, é o marido, são "os outros" (sejam lá quem eles forem), é o país, é o cão, é o gato...mas nós???? Claro que não, nós estamos sempre certos e somos sempre justos.

Tento ter atenção a este facto e, se há alguém que terei que SEMPRE responsabilizar por tudo o que me acontece, esse alguém serei eu... não há culpa, mas sim responsabilidade o que são coisas muito diferentes.

Inevitavelmente, quando todos os "malvados e malandros" estão descartados e fico sozinho com o único responsável (eu próprio), perante certas coisas que vejo acontecer a conversa interior surge e é impossível de a negar...

Tanta conversa e teorias religiosas sobre deus...o criador...todo poderoso...responsável pelos céus e a terra...e que, acima de tudo, ama o Ser Humano(????) A realmente existir, aí está o alvo do meu ódio e escárnio.

Como conciliar que crianças morram de maneiras tão trágicas e que ainda tenhamos coragem de dizer que "deus nos ama"???? O que será mais preciso acontecer para vermos que "deus" é somente o pai natal dos adultos?

Só quem não sente Amor poderá dizer que "deus sabe o que faz"...como justificar que depois de já ter feito imensos erros e merdas durante a minha vida continue aqui vivo e feliz e uma criança, que nem 5 anos tinha, tenha sido atropelada e morta, sem que esse suposto criador pudesse intervir e anular tão trágico destino? Eu o faria caso tivesse esse poder, tu o farias...Que ser é esse que por medo continuamos a crer que existe? Não tenho filhos mas mais do que alguém ser filho de alguém, é, acima de tudo, filho de todos nós e o Princípio é o mesmo...essa criança que morreu era também meu filho...deus, a existir, está-se completamente a cagar para todos os seres humanos.

Por isso digo...eu quero o inferno...a existir, prefiro mil vezes demónios verdadeiros do que um deus indiferente, distante, mentiroso e falso. E se, por algum acaso, alguma vez for "chamado perante ele" não tenha duvidas que a minha vontade do Coração será cuspir-lhe com todas as forças que tenho e fazer-lhe sentir o meu ódio e revolta são tão grandes que até que os céus e a terra tremerão ao senti-lo, pois quanto mais penso sobre o abandono e indiferença de um suposto deus criador, mais amor sinto pelo ser humano.

Permanente...Duvida

A teres que duvidar de algo ou de alguém, que seja primeiro e para sempre...de ti próprio.


Pré / Ocupado...

Ou seja...ocupado antes de.

Andar constantemente preocupado parece- me o estado básico do Ser Humano...falando por mim, mesmo quando nada me preocupa, a mente começa logo a "tagarelar", até um ínfimo pormenor tornar-se um monstro e lá volto eu de novo ao íntimo e brutal desgaste...de algum modo dá-me uma sensação de continuidade e de não me "perder" daquilo ou daquele que penso ser.

Mas... e se. só por hoje, não nos preocuparmos ( pois quando nos preocupamos não somos Responsáveis, antes pelo contrário) que mal nos poderá acontecer?


A 3 (Super/Ultra Difíceis) Passos Da Liberdade (Emocional)

Mais importante do que a necessidade de confiares em alguém, será a compreensão que terás que ser tu uma pessoa de Confiança sem esperares igual retorno, entender que por trás de alguém que "trai" está alguém "traído" e por isso mesmo, por a dor ser tão profunda e subtil...cada um só dá aquilo que tem.


Preparado?

Perceber que nos momentos mais importantes das nossas vidas poderemos falhar, é estar mais preparado do que todos os que dão essa preparação como garantida.